Corpo

Menopausa: quais são os sintomas e tratamentos

Menopausa é o termo usado para denotar o período fisiológico após a última menstruação espontânea da mulher. O seu início só pode ser definido após um ano sem menstruação, pois durante esse período a mulher pode ocasionalmente continuar a menstruar.

É o resultado da falha da atividade endócrina dos ovários, principalmente a sua incapacidade de produzir estrogénio.

Os anos de uma mulher grávida começam quando ela tem o seu primeiro período menstrual. Termina com a menopausa quando a menstruação para. A menopausa é uma parte normal do processo de envelhecimento.

Cerca de 700.000 mulheres portuguesas entram na menopausa todos os anos, mas apenas 3,6 são tratadas. O tabu e os mitos que o cercam fazem com que muitas mulheres nem falem sobre isso.

O que acontece fisicamente nesta fase é uma diminuição na produção e circulação de estrogénio, uma das hormonas femininos mais importantes.

banner1 1

Os sintomas da menopausa iniciam entre os 45 e 55 anos.

O tabagismo tem sido associado à menopausa prematura porque fumar leva a uma diminuição do nível de estrogênio no sangue, o que pode desencadear a menopausa prematura.

Além da menopausa natural e prematura, há também a menopausa artificial, causada por uma intervenção médica que reduz ou interrompe a secreção hormonal dos ovários.

Esses procedimentos incluem cirurgia para remover os ovários ou reduzir a quantidade de sangue que recebem e quimioterapia ou radioterapia na pelve (incluindo os ovários) para tratar o câncer.

A cirurgia para remover o útero (histerectomia) interrompe a menstruação, mas não afeta os níveis hormonais, desde que os ovários permaneçam intactos portanto, não causa menopausa.

Menopausa

Os principais sintomas da menopausa:

  • Menstruação irregular
  • Ondas de calor que iniciam de repente, mesmo estando num ambiente com ar condicionado
  • Suores frios que ocorrem imediatamente após as ondas de calor
  • Sinais de depressão
  • Ansiedade e nervosismo
  • Distúrbios do sono, tais como insônia
  • Mudanças de humor repentinas
  • Secagem vaginal
  • Unhas enfraquecidas
  • Pele e cabelos secos

A cirurgia para remover o útero (histerectomia) interrompe a menstruação, mas não afeta os níveis hormonais, desde que os ovários permaneçam intactos portanto, não causa menopausa.

A osteoporose (afinamento ósseo grave) é o principal problema de saúde causado pela menopausa.

Mulheres brancas magras, mulheres que fumam, bebem álcool em excesso, tomam corticosteroides, têm baixa ingestão de cálcio ou levam um estilo de vida sedentário correm maior risco de osteoporose.

Durante os primeiros 5 anos após a menopausa, 3-5% da massa óssea é perdida por ano, depois disso 1-2% ao ano. Portanto, as fraturas ocorrem devido a lesões leves, e em pessoas idosas mesmo sem lesões.

Os estrogênios são responsáveis ​​pela fixação do cálcio nos ossos. Após a menopausa, uma grande proporção de mulheres perde cálcio dos seus ossos, uma condição chamada osteoporose, responsável por fraturas e uma grande perda na qualidade de vida da mulher.

Os ossos mais comummente quebrados são as vértebras (que causam flexão e dor nas costas), o fémur (quadris) e os ossos do pulso.

Os sintomas da menopausa tardia ocorrem nos níveis cerebral, cutâneo, articular, cardiovascular, ósseo e de peso.

Estes incluem uma maior incidência de doença de Alzheimer e acidente vascular cerebral, redução da elasticidade da pele com aparecimento mais intenso de rugas, mais problemas nas articulações, especialmente nas mãos, aumento da incidência de enfarto agudo do miocárdio em mulheres com mais de 50 anos, ocorrência de osteoporose e ganho de peso.

Níveis baixos de estrogénio também aumentam o risco de doenças da retina, glaucoma e câncer de cólon.

ALIMENTAÇÃO:

Coma uma dieta rica em alimentos naturais e pobre em alimentos processados, especialmente grãos integrais, vegetais e frutas.

Comer alimentos ricos em fitoestrogênios, como linhaça para mulheres na menopausa, pode aliviar alguns dos seus sintomas. A dose administrada para este estudo foi de 40 gramas de linhaça por dia.

Além disso, a falta de efeitos estrogénios torna a linhaça mais segura nos casos em que o aumento do estrogénio pode ser prejudicial, como: B. em mulheres com câncer de mama.

As mulheres que não se exercitam são muito mais propensas a apresentar sintomas da menopausa do que as mulheres que fazem qualquer tipo de exercício, particularmente exercícios aeróbicos, que alguns testes descobriram que acabam com os sintomas em breve.

Dieta e exercícios físicos são essenciais nessa fase, por meio desses dois mecanismos muitas mulheres não apresentam sintomas da menopausa ou ficam bem aliviadas. A busca pela qualidade de vida desde cedo garante uma menopausa mais tranquila e uma vida mais saudável.

Alguns sucos que combatem os sintomas da menopausa:

SUMO DE COUVE E MARACUJÁ

  • Num liquidificador, bata: 2 folhas de repolho, 2 colheres de mel, 3 xícaras de água e a polpa de um maracujá.
  • Beba 1 copo com 200 ml três vezes ao dia.
sintomas da menopausa

SUCO DE GELÉIA REAL

  • No liquidificador, bata: 2g de geleia real, 1/2 abacate, 10g de lecitina de soja e 2 xícaras de leite desnatado.
  • Beba duas vezes ao dia.

A SOJA contém substâncias que são estruturalmente semelhantes ao estrogénio, portanto, ajudam a controlar a saúde e os sintomas, ligando-se aos recetores de estrogénio no corpo.

Reduza o consumo de carne vermelha e outras fontes de gordura saturada para proteger contra problemas cardíacos.

Evite bebidas gaseificadas (água com gás, refrigerantes…) pois removem o cálcio do corpo.

A cafeína e o álcool agravam a ocorrência de ondas de calor, eliminando-as da dieta.

Buscando qualidade de vida sexual na menopausa

Com a perda de algumas produções hormonais durante a menopausa, a lubrificação vaginal da mulher diminui e ela precisa ter mais cuidado durante o sexo. Quando a vagina seca, esfregar o pénis pode ferir você e o seu parceiro e causar algumas infeções (vulvovaginite).

Recomenda-se o uso de cremes lubrificantes, assim como a possibilidade de substituição hormonal.

Outro fenómeno é a perda de gordura dos grandes lábios, tornando a vagina menor e mais dolorosa durante a relação sexual.

Aproveite o aumento da estimulação sexual da sua parceira, procurando-a no início da manhã, pois sua maior disposição para fazer sexo pode ajudá-lo a estar mais disposto e estimulado.

Use muita imaginação para trazer mais alegria ao enredo.

Sugestões de estilo de vida

  • Aprenda a gerenciar o seu estresse – O estresse pode aumentar os sintomas da menopausa e prejudicar a função adrenal, o que reduz a produção de hormônios.

Meditação, ioga e técnicas de respiração podem ajudar a reduzir o estresse. Massagem e acupuntura promovem o relaxamento, e vários estudos mostraram que a acupuntura pode reduzir os fluxos de calor;

  • Exercício Regular: Estudos demonstraram que o exercício regular reduz a frequência e gravidade das ondas de calor. Também melhora o humor e o sono, protege contra doenças cardíacas e as atividades de levantamento de peso fortalecem os ossos.
  • Não fume – Fumar pode agravar as ondas de calor e os sintomas de ansiedade, irritabilidade e depressão;
  • Use diferentes camadas de roupa para que você possa remover alguns itens se sentir um calor súbito.
  • Considere participar de um grupo de apoio – pode ser benéfico compartilhar as suas experiências com outras pessoas;
  • Rir é um bom remédio. Assista a filmes engraçados, assista a shows de comédia e saia com pessoas que fazem você rir e feliz.

A menopausa é uma fase que as mulheres enfrentam e precisam ser corajosas para lidar com todas as consequências inerentes a ela.

Apesar de todos os efeitos colaterais negativos da menopausa, esta fase deve ser vista como apenas mais uma etapa de uma vida de mudanças e transformações a que a vida da mulher está sujeita de forma saudável e sem traumas.

A vida pode finalmente começar aos cinquenta.

4.8 / 5. Votos: 29

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo