Avançar para o conteúdo

Disfunção erétil – O que é, sintomas, Tratamentos e Causas

Disfunção Eréctil

Estima-se que mais de 160 milhões de homens sofrem atualmente de disfunção erétil. É essencialmente uma questão relacionada ao pênis, pois é uma condição que afeta a masculinidade e o orgulho masculino quando na realidade afeta homens e mulheres.

A disfunção erétil ou impotência sexual é a incapacidade permanente ou recorrente de obter ou manter uma ereção capaz de uma atividade sexual satisfatória por pelo menos 3 meses.

Em Portugal, afeta cerca de 13 (500.000) homens. É um tema delicado e muito difícil para os homens afetados lidarem, seja dentro da família ou até mesmo nos médicos.

A ereção é um processo complexo que envolve o cérebro, vários hormônios, os nervos pélvicos e os vasos sanguíneos que suprem o pênis.

Embora se acredite que a condição seja principalmente psicológica Seja qual for a causa, sabe-se agora que quase sempre resulta de uma causa física, como uma doença crônica ou como um efeito colateral do tratamento em andamento.

Impotência

Nem todos os homens experimentam os mesmos sintomas de disfunção erétil, mas é importante perceber que essa condição se manifesta como uma incapacidade de alcançar e/ou manter uma ereção firme o suficiente para uma relação sexual satisfatória.

Embora essa incapacidade seja comum em homens com disfunção erétil, a maneira pela qual essa condição se desenvolve pode variar.

Causas

A impotência pode ter uma variedade de causas, incluindo aspectos físicos, biológicos ou mesmo psicológicos que afetam a capacidade do homem de ter uma ereção.

Estes incluem problemas de saúde mental, como ansiedade e estresse. Algumas doenças, como diabetes, pressão alta, baixos níveis de testosterona, doença de Parkinson e lesões do sistema erétil, doença de Alzheimer, doença de Parkinson, doença de Parkinson e lesões na medula espinhal estão fortemente associadas à disfunção erétil.

Finalmente, o uso excessivo de certos medicamentos, bem como o abuso de álcool e tabaco nos homens, pode levar à impotência.

Em geral, a impotência masculina pode fazer com que os homens tentem evitar o sexo, não apenas porque não podem fazer sexo, mas também porque não fazer sexo é uma forma de não pensar na situação o tempo todo.

A escolha deste homem pode levar ao afastamento do parceiro e consequentes problemas no casal, pois a troca de afeto e atenção tende a diminuir, assim como o desenvolvimento desse afeto deixa de existir por completo, e a verdade é que um casal não só precisa empresa, mas também a parte carnal, física.

Disfunção Eréctil

Na prática, os homens reagem dessa forma inconscientemente, pois se deparam com a impossibilidade do ato sexual que acreditam ser desnecessário qualquer tipo de intimidade, pois desperta outras necessidades e outros desejos que na realidade não podem ser atendidos.

Embora não seja um sintoma direto de disfunção erétil, as seguintes condições podem acompanhar a dificuldade em obter e manter uma ereção:

Embora não seja um sintoma direto da disfunção erétil, as seguintes condições podem estar associadas à dificuldade de obter e manter uma ereção:

  • Baixo desejo sexual: Isso pode ser resultado de disfunção erétil, especialmente se ocorrer com frequência e por um longo período de tempo. Muitos homens se sentem deprimidos porque não conseguem manter uma ereção, o que afeta seu desejo sexual.

O baixo desejo sexual associado à disfunção erétil pode fazer com que os homens evitem a intimidade, dificultando o tratamento do problema.

  • Ejaculação precoce: Devido à dificuldade em manter uma ereção, muitos homens ejaculam prematuramente para evitar que problemas de ereção interfiram na relação sexual. No entanto, o hábito frequente de apressar a ejaculação, mesmo após o tratamento da disfunção erétil, pode dificultar o controle no futuro, se as condições ocorrerem.

Frutas que combatem a disfunção erétil

Em geral, todas as frutas podem ajudar a manter um bom desempenho sexual. No entanto, existem algumas frutas cujos efeitos na saúde sexual tendem a ser mais pronunciados, pois são eficazes no combate aos principais problemas de saúde responsáveis ​​pelo desenvolvimento da impotência sexual.

Banana – Semelhante em muitos aspectos ao abacate, a banana também é uma excelente bebida energética natural com alta concentração de bromelina, uma enzima que pode promover o apetite sexual.

Figo – Ou seja Há muito se sabe que os figos têm a capacidade de aumentar efetivamente a libido nos homens, o que beneficia o desempenho sexual.

Data – Seu poder afrodisíaco é mundialmente conhecido e vem de uma combinação complexa de aminoácidos que podem aumentar a energia e promover ativamente o desejo sexual.

Melancia – Saborosa, leve e barata, a melancia é um verdadeiro Viagra natural. Sem efeitos colaterais significativos, esta fruta, quando consumida com moderação, pode não apenas ajudar a restaurar a potência, mas também maximizar o desempenho sexual.

Frutas Vermelhas – Famosas aliadas na manutenção da boa circulação sanguínea, são muito eficazes no combate a distúrbios circulatórios como a disfunção erétil.

Disfunção Eréctil

O excesso de peso é uma das causas da impotência, portanto, uma dieta equilibrada é meio caminho andado para prevenir a disfunção erétil.

Preferir frutas frescas, vegetais, grãos integrais e uma dieta pobre em gorduras saturadas é uma ótima maneira de manter o corpo saudável e evitar a obesidade.

A prevenção e o tratamento da disfunção erétil não devem envolver apenas o homem afetado, mas ambos os parceiros. A disfunção erétil tem impacto na vida sexual do casal, por isso ambos devem estar envolvidos em todo o processo terapêutico.

Ervas para tratar a disfunção erétil

Milhões de homens lutam para manter uma ereção digna desse nome, mas devido à disfunção erétil, muitos experimentam sérias dificuldades, mas essa condição não é natural e há algo que pode ser feito a respeito.

Os tratamentos convencionais para a disfunção erétil são sub-ideais, não totalmente eficazes, ignoram as condições de saúde subjacentes e têm efeitos colaterais indesejados.

Uma das características inevitáveis ​​de qualquer debate médico em larga escala, uma vez iniciado, é o desenvolvimento de teorias entre remédios convencionais e naturais.

Você pode confiar nas opiniões dos médicos e nos resultados dos estudos, mas muitas opções naturais são tão boas quanto ou até melhores.

E embora isso possa causar um rebuliço na comunidade médica e aparecer em vários sites e meios de comunicação, isso realmente não ajuda as pessoas em casa a descobrir o que é melhor para elas. Especialmente quando se trata de um tópico tão popularmente discutido como a disfunção erétil.

O lado positivo disso é que, nas últimas duas décadas, a doença talvez tenha sido estudada mais extensivamente do que nunca. Em particular, o tema dos remédios naturais para tratar a disfunção erétil é talvez a área mais debatida no campo da disfunção sexual.

Finalmente, os medicamentos prescritos não são para todos, como tomar nitratos para problemas de saúde arterial ou alfa-bloqueadores para pressão alta.

Ouvimos regularmente inúmeras ideias e reclamações sobre soluções de venda livre. Mas aqueles que sofrem de uma doença e procuram tratamento muitas vezes só querem encontrar a maneira mais segura, rápida e eficiente de pará-la.

Então, os remédios naturais são uma abordagem que muitas pessoas estão tentando, mas eles realmente funcionam?

Felizmente, existem muitas plantas e ervas clinicamente aprovadas que podem tratar esse problema de forma natural e eficaz, como você pode ver nesta página aqui.

disfuncao2

Quais são as melhores ervas para o tratamento da disfunção erétil?

Aqui estão algumas das ervas mais eficazes e cientificamente comprovadas para tratar a disfunção erétil.

1 – Tribulus Terrestris é o fruto da planta Zygophyllaceae e cresce principalmente no norte da China. É um afrodisíaco bem conhecido com registros que remontam aos tempos antigos.

Existem muitos estudos em animais que confirmam a eficácia do tribulus na melhora da função erétil. Esses efeitos se devem principalmente à sua capacidade de aumentar os andrógenos, ou seja, aumentar os níveis de testosterona.

Embora a testosterona não cause diretamente uma ereção, ela desempenha um papel fundamental e esta erva ajuda a aumentar seus níveis.

Portanto, o Tribulus Terrestris melhora os níveis de testosterona e a função metabólica geral, reduzindo o estresse para melhorar a função sexual e a ereção.

2 – A semente de Cuscuta vem das sementes maduras e secas de Cuscuta Chinensis Lam. Esta erva tem sido tradicionalmente usada na China para tratar a impotência por milhares de anos. Contém flavonas que revertem a falta de sangue nos membros, aumentam os níveis de testosterona e a expressão de receptores androgênicos nos membros e testículos.

3 – Cistanche é uma erva que cresce em uma área extremamente seca com sol intenso. Contém diversos compostos químicos que possuem algumas atividades biológicas como antioxidante, neuroprotetora e antienvelhecimento em geral.

Em um grande estudo americano em ratos brancos, foi demonstrado que reduz a latência da ereção e aumenta a duração da ereção. O extrato de Cistanche também melhora os níveis de hormônios sexuais e melhora a saúde sexual geral.

O componente conhecido como echinacoside promove o relaxamento dos anéis aórticos e relaxa os vasos sanguíneos penianos, aumentando o fluxo de óxido nítrico.

4 – Ginseng, a raiz da planta Araliaceae que cresce no Nordeste da China e Correia, é a erva número um usada para manter o equilíbrio do corpo e aumentar a energia vital do corpo.

Quando surgem problemas sexuais, os casais muitas vezes acham difícil falar sobre eles. Quanto mais cedo aceitarem a situação e decidirem procurar ajuda, mais fácil será resolvê-la.

couple 731890 640

Clinicamente confirmado para melhorar a função erétil

Os ginsenósidos são os principais componentes ativos do ginseng que lhe conferem efeitos anti-inflamatórios, antitumorais e antioxidantes que previnem a degeneração dos neurónios nos nervos dorsais do pénis, reduzindo o stress oxidativo nos corpos cavernosos.

Aqui estão as 4 melhores ervas para tratar a disfunção erétil. Experimente-os

4.8 / 5. Votos: 66

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Fotos cedidas por Depositphotos.