Corpo

Como prevenir e tratar o bico de papagaio?

Você já ouviu o termo bico de papagaio? É uma condição chamada osteofitose, mas popularmente conhecida como bico de papagaio.

O problema é uma das manifestações da conhecida osteoartrose que afeta a coluna. Você deve saber que as articulações sofrem muito estresse ao longo dos anos, o que significa que as articulações de um homem jovem não são as mesmas de um homem de 60 anos.

Devido a esse desgaste natural, o problema do bico do papagaio pode ocorrer

Isso é calcificação na cartilagem, essa calcificação ocorre na cartilagem que envolve as vértebras e ligamentos. Isso acontece porque o corpo está tentando encontrar uma maneira de estabilizar o desgaste na estrutura. Como mencionado acima, o desgaste é natural e ocorre ao longo dos anos.

É claro que algumas pessoas são mais propensas ao problema, principalmente as que não cuidam da saúde e não praticam esportes.

Quando ocorre o desgaste e a cartilagem se calcifica, ocorre a dor; Esse processo causa dor porque a área anteriormente mole endurece e calcifica. A rigidez na região afetada exerce pressão sobre outras áreas, como nervos e músculos.

banner1 1

Mas é importante mencionar que não só a idade pode desencadear a condição, o problema pode ser hereditário ou causado pela obesidade, por exemplo. Em breve vamos analisar outras causas do bico de papagaio, sintomas e tratamento do problema.

Como aparece o bico do papagaio

A causa raiz do problema não é a idade, como muitas pessoas pensam, mas a má postura

Se você trabalha muito tempo sentado, é melhor observá-lo e mudar sua postura quando estiver se sentindo para baixo. Muito provavelmente, se você não se cuidar no futuro, o bico de papagaio aparecerá, causando dor e outros sintomas muito indesejáveis.

bico de papagaio

Mas esta não é a única causa, estresse e trauma repetidos também podem causar o problema.

Então, se você trabalha em uma área que exige esforços repetitivos, é bom ficar de olho em si mesmo e cuidar de si mesmo

Trabalhe a dica e crie alternativas para evitar o problema, mas mantenha a calma e fale sobre isso depois.

Tenha cuidado se:

  • Você fizer muito trabalho na frente do computador;
  • Você passa muito tempo na mesma posição e principalmente na posição errada;
  • Você carrega muito peso e sobrecarrega sua coluna.

Uma maneira de minimizar esses problemas é sentar-se adequadamente, com as costas sempre contra o encosto da cadeira, os pés para cima e as pernas em um ângulo de 90 graus.

Verifique outros motivos:

  • Excesso de peso;
  • Vida sedentária;
  • Doenças reumáticas
  • Trauma;
  • Fatores hereditários.

Sintomas do bico do papagaio

O principal sintoma do bico de papagaio é a dor, que se torna mais intensa e constante com o passar do tempo. Quando a dor ocorre, o paciente não consegue mais fazer esforço físico porque a dor piora muito

O maior problema dessa dor é que o paciente não tem cuidado e, por isso, toma medicação apenas para aliviar a dor.

Mas se o problema é o bico do papagaio engolir o remédio, já que um analgésico não vai curar a dor, só vai minimizá-la por um momento. É necessário tratar a condição o mais rápido possível para evitar que o problema se agrave.

Se você notar os sinais de dor persistente, é melhor consultar um médico para avaliar a causa da dor e tratá-la, se necessário.

Para problemas como bico de papagaio ou dor nas costas, consulte um ortopedista para tratar e examinar a situação do paciente.

Outros médicos podem ajudar a diagnosticar o problema, mas o tratamento deve ser realizado pelo ortopedista.

O diagnóstico não é complicado, o médico vai conversar com o paciente e tentar descobrir como é a postura do paciente no dia a dia. Uma radiografia também é feita para mostrar a situação na região afetada

Se necessário, o médico pode solicitar outros exames, após os quais o problema pode ser diagnosticado e o tratamento iniciado.

O tratamento depende de cada paciente, de suas características e da extensão do problema. O paciente tomará medicação e se exercitará regularmente sob a supervisão de um fisioterapeuta

. O exercício ajudará a estabilizar o problema e interromper a dor.

Esse é o tratamento, é muito simples e você precisa tentar mudar os hábitos do paciente. Em outra etapa do tratamento, caso não sejam obtidos resultados nesta primeira etapa, o paciente pode ser submetido à intervenção cirúrgica.

No caso da cirurgia, o tratamento é mais demorado e o tempo de recuperação muito maior, principalmente devido à cirurgia. Nesse caso, é importante seguir todas as recomendações médicas para não sofrer no pós-operatório.

É importante perceber que cada paciente tem um tempo de recuperação diferente e que cada tipo de pessoa requer cuidados especiais. Portanto, não pense que o que funcionou para seu amigo funcionará para você.

Como evitar o bico de papagaio

A melhor forma de prevenir a doença é observar a postura e é importante se exercitar ao longo

da vida maneiras que você pode adotar.

As atividades que mais ajudam a evitar o bico do papagaio são:

  • Alongamento
  • Natação
  • Aeróbica aquática
  • Treino de força
istockphoto 499609270 612x612 1

Você também deve evitar a obesidade e a sobrecarga da coluna vertebral. É mais fácil evitar o problema do que corrigi-lo mais tarde. Então, siga estas dicas para evitar o problema.

O bico dos papagaios leva muito tempo para se estabelecer, mas uma vez estabelecido requer manutenção por toda a vida. Cuide da sua postura para prevenir essa e outras doenças.

E compartilhe com sua família e amigos para que eles também possam evitar esse problema. Se você tiver alguma dúvida, não hesite em deixar um comentário, pois podemos responder a todas as perguntas e ajudá-lo.

5 / 5. Votos: 29

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo