Bem Estar Emocional

Sintomas de ansiedade: sinais físicos e psicológicos

Quando a ansiedade está desregulada, precisa de ser tratada. Não só devido ao desconforto e ao impacto negativo que tem na qualidade de vida das pessoas que sofrem de uma perturbação de ansiedade, mas também porque as perturbações de ansiedade são geralmente progressivas, ou seja, tendem a piorar com o tempo.

A incapacidade de tolerar a incerteza desempenha um papel fundamental no aumento da ansiedade e dos sintomas de preocupação. As pessoas que sofrem de preocupações crónicas têm um enorme desejo de clareza sobre todas as suas dúvidas e imprevisibilidade. Eles precisam de saber com 100% de certeza o que vai acontecer.

A preocupação é vista como uma forma de prever o que o futuro nos reserva, uma forma de evitar surpresas desagradáveis e de controlar os resultados. O problema é que esta estratégia de querer saber o que vai acontecer no futuro e/ou garantir que as coisas temidas não vão acontecer simplesmente não funciona.

A ansiedade é mais do que apenas um sentimento

A ansiedade envolve uma resposta que é sentida no corpo físico, emitindo uma reacção de “luta ou fuga” a uma ameaça percebida. O seu coração bate mais forte, a sua respiração é mais rápida, os seus músculos estão tensos e, em algumas situações, pode sentir-se “tonto”. Quando se está relaxado, acontece o contrário.

O ritmo cardíaco abranda, a respiração é mais lenta e profunda, os músculos relaxam e a pressão sanguínea estabiliza. Portanto, algo extraordinário acontece para diminuir a ansiedade, é impossível estar ansioso e descontraído ao mesmo tempo. E isto é tremendamente incapacitante, é uma estratégia muito poderosa que pode ser usada em situações de extrema ansiedade. O relaxamento é uma táctica poderosa para o alívio.

banner1 1

Quais são os sintomas de ansiedade?

Se entrar em pânico após uma situação difícil, tiver uma sensação constante de que algo de mau pode acontecer, estiver sempre preocupado com o que disse, o que deve fazer ou o que não fez, então pode estar mais ansioso do que o habitual. Aqui estão alguns dos sintomas que poderá experimentar:

  • Fadiga
  • Insônia
  • Falta de ar
  • Preocupação e medo exagerados
  • Falta de controle sobre os pensamentos
  • Formigamento nas mãos e nos pés
  • Confusão
  • Tontura, leveza ou sensação de desmaio
  • Tremores ou tremores incontroláveis
  • Tensão muscular, dor
  • Dor no peito e palpitações
  • Dificuldade para engolir
  • Sentimento de um “caroço” na garganta
  • Dificuldade para relaxar
  • Calafrios, calafrios, suor, frio, mãos úmidas, boca seca
  • Vomitando
  • Necessidade urgente de ir ao banheiro ou urinar
Sintomas da Ansiedade

O estresse e a ansiedade podem afetar nossos músculos, ritmo cardíaco, pressão sanguínea e níveis de cortisol.

O cortisol, também conhecido como o hormônio do estresse, desempenha um papel importante no corpo, com efeitos positivos, por exemplo, nas funções relacionadas à memória, mas é essencial que nosso corpo se descomprima após experiências estressantes e volte ao funcionamento normal.

Lidar com a ansiedade e o estresse de forma contínua pode levar a sérios problemas de saúde, como por exemplo:

  • Desempenho cognitivo enfraquecido
  • Disfunção tireoidiana
  • Desequilíbrios de açúcar no sangue
  • Diminuição da densidade óssea
  • Diminuição do tecido muscular
  • Aumento da pressão arterial
  • Sistema imunológico enfraquecido
  • Aumento da gordura abdominal

Vilões da Ansiedade

Muitas pessoas já estão desconfiadas de alguns alimentos que aumentam a ansiedade, como o café, por exemplo.

Outros produtos contendo cafeína podem aumentar a sensação de ansiedade, pois estimulam o funcionamento do sistema nervoso. Além destes, o açúcar e os doces devem ser evitados por razões semelhantes.

O chocolate, que para muitas pessoas ajuda a se acalmar, na verdade só causa tranquilidade momentânea. Por ser estimulante, está também na lista de alimentos a serem evitados por pessoas ansiosas.

Dicas saudáveis para combater os sintomas ansiedade

Reforçamos que o acompanhamento com seu médico é fundamental e essencial, no entanto, lá vai o ditado “uma maçã por dia afasta o médico”. Neste caso, não são exatamente maçãs, mas sugerimos alguns alimentos que ajudam a combater a ansiedade:

  • Frutas cítricas
  • Leite, ovos e produtos lácteos com baixo teor de gordura
  • Carboidratos em sua forma mais simples e mais completa
  • Banana
  • Carne (branca e magra) e peixe
  • Chocolate
  • Spinafrau

Uma boa noite de sono também é muito importante para controlar a ansiedade.

Ás vezes pode ser necessário tomar medicamentos, que devem ser sempre prescritos por um médico. Este tipo de tratamento é geralmente de longo prazo e deve ser cuidadosamente supervisionado.

Em alguns casos, o tratamento com medicamentos pode ser complementado com o apoio psiquiátrico.

4.5 / 5. Votos: 16

Sem votos! Seja o primeiro.


AVISO: Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Consulte o seu médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo