Não perca

O que são PROTEÍNAS?

Por em Maio 7, 2013
proteinas

O que são PROTEÍNAS?
A proteína é um componente necessário para a construção, manutenção e reparação de muitos sistemas e processos do corpo, incluindo:
• Produção de colagénio e queratina, que são os componentes estruturais dos ossos, dentes, cabelo e da camada exterior, e que ajudam a manter a estrutura dos vasos sanguíneos;
• Fabrico de hormonas, como a insulina e a hormona da tiróide;
• Produção de enzimas que controlam as reacções químicas do organismo;
• Adequação da função imunológica – produção de anticorpos, glóbulos brancos e outros factores imunológicos;
• Transporte de oxigénio, vitaminas e minerais para as células-alvo de todo o corpo;
• Fonte de energia – o fígado pode utilizar a proteína para produzir glicose quando não existem hidratos de carbono suficientes disponíveis, como quando, por exemplo, você salta uma refeição ou segue uma dieta pobre em hidratos de carbono.

Fontes de Alimentação
A proteína é encontrada em produtos de origem animal, nozes, legumes e, em menor extensão, nos frutos e vegetais. Quando ingerimos proteínas, o corpo divide-as em aminoácidos, sendo alguns alguns deles chamados essenciais, porque devem ser fornecidos pelos alimentos que comemos. Existem outros aminoácidos que podem ser produzidos pelo organismo, também denominados não-essenciais.
As proteínas de origem animal contêm todos os aminoácidos essenciais. Portanto, as suas melhores fontes de proteína magra são o frango, o perú, o peixe e os ovos. Escolha produtos biológicos e orgânicos sempre que possível, por forma a reduzir a ingestão de hormonas prejudiciais e produtos químicos.
As proteínas vegetais não contêm todos os aminoácidos essenciais, e são consideradas proteínas incompletas. É possível, no entanto, combinar várias proteínas de vegetais para obter todos os aminoácidos essenciais. Por exemplo, comer aveia, lentilhas e sementes de girassol, em conjunto ou separadamente ao longo do dia, fornece todos os aminoácidos essenciais. Também poderá combinar massa integral com feijão branco, ou tofu com arroz integral, para obter todos os aminoácidos necessários. Só é necessário um planeamento cuidado das refeições.
Existem algumas vantagens de comer proteínas vegetais em vez de proteínas animais – as proteínas vegetais fornecem fibras e fitoquímicos (antioxidantes), não contêm gordura saturada e podem desempenhar um papel na prevenção de doenças. A proteína de soja, por exemplo, tem sido demonstrado que baixa significativamente os níveis de colesterol e triglicéridos, e protege contra a perda de massa óssea. Alguns estudos demonstraram que as pessoas que seguem uma dieta baseada em vegetais têm menor risco de doença crónica.
O Instituto de Medicina recomenda intervalos para ingestão de macronutrientes, que estão associados a um risco reduzido de doenças crónicas, proporcionando uma ingestão adequada de nutrientes essenciais. Sugere-se que os adultos obtenham 45%-65% de calorias provenientes de hidratos de carbono, 20%-35% de gordura, e 10%-35% de proteína. Os intervalos para as crianças são semelhantes, excepto para os bebés e crianças pequenas que precisam de uma proporção de gordura um pouco maior (25%-40%).

Partilha com os teus amigos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>